Alta velocidade e ondulações na pista teriam motivado acidente de Roberto Angeloni, diz PRF

Share Button

Alta velocidade e ondulações no asfalto podem ter causado o acidente que matou o empresário Roberto Angeloni, 51 anos, na BR-101 em Biguaçu, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Conforme o inspetor Luiz Graziano, chefe de Comunicação da PRF, “não há nada que comprove que a Mercedes vinha fazendo racha”.

Roberto Angeloni transitava sentido Norte da rodovia federal na manhã deste domingo (28), por volta das 11h30min, quando perdeu o controle da Mercedes, atingiu um veículo na pista da direita e se chocou em um poste. Ele morreu na hora e o carro de luxo chegou a partir ao meio.

A hipótese da PRF

De acordo com Graziano, a perícia concluiu ainda na noite deste domingo que o empresário da rede de supermercados estaria em alta velocidade. A hipótese é de que ao passar por ondulações na pista da BR-101, ele teria perdido o controle da direção e derrapado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *