Anti-granizo: Jean destaca pedido para inserção de R$ 2 milhões na LOA do Estado

Share Button

O vereador Jean Carlo Ribeiro (PSD) informou durante sessão ordinária desta semana que em viagem recente a Florianópolis entregou ao deputado Valdir Cobalchini um ofício solicitando que, caso a Secretaria de Estado da Agricultura não insira na Lei Orçamentária Anual do Estado (LOA) do próximo ano os recursos para o sistema anti-granizo referente a safra 2022/2023, que seja efetivado através de emenda do parlamentar.

Jean explica o secretário estadual de Agricultura, Altair Silva, sinalizou positivo a inserção de R$ 2.075.000,00 na LOA do Estado para a cobertura do sistema entre os meses de setembro de 2022 a abril de 2023, contemplando os geradores de responsabilidade do estado em Caçador e toda a região. No entanto, caso isso não se concretize, o pedido é que o Deputado Cobalchini garanta estes recursos.

O assunto também foi tratado na Defesa Civil do Estado, onde Jean esteve acompanhado do assessor do deputado Cobalchini, João Paixão. “Como o sistema protege tanto o interior quanto o perímetro urbano das cidades, nosso pedido é que a Defesa Civil e a Secretaria de Agricultura trabalhem em conjunto para a criação de um programa estadual, onde haja a garantia deste repasse anualmente sem que em toda a safra seja preciso correr atrás de recursos para auxiliar os Municípios”, destaca.

O vereador exemplifica a importância do investimento se comparado as perdas que podem acontecer. “Para se ter uma ideia, a chuva de granizo que caiu há poucos dias em Timbó Grande e Lages causou um prejuízo de mais de R$ 2 milhões apenas no perímetro urbano. Isso demonstra que o investimento no anti-granizo se torna pequeno se levarmos em conta o quanto de prejuízo o granizo pode causar na economia e na vida das pessoas”, completa.

Moacir enaltece a luta pela manutenção do sistema

Além do vereador Jean, o presidente Moacir D’Agostini destaca a defesa pelo sistema anti-granizo. Ele ressalta a importância da união de esforços para que os geradores estejam ligados durante toda a safra protegendo tanto a agricultura quanto a cidade.

“Venho lutando pelo sistema anti-granizo desde o meu primeiro mandato, cobrando na Câmara e fazendo indicações para que ao aparelhos estejam ligados. Como agricultor e filho de agricultor sei o quanto os nossos produtores rurais sofrem para se manter no campo, superando inúmeras dificuldades. É triste quando todo este esforço é inútil e uma chuva de granizo destrói tudo que foi plantado com sacrifício e trabalho. O alimento que está na nossa mesa diariamente vem deste plantio, e devemos, como representantes do povo, cobrar sempre que os investimentos necessários sejam feitos”, declarou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *