As idas e vindas do velho MDB

Share Button

O MDB de Santa Catarina não deve estar estranhando muito as idas e vindas de suas lideranças, que batem cabeça para definir o que fará nas eleições do ano que vem.

Parece que decidiram que terão candidato, mas a pergunta é quem?

O diretório decidiu em reunião recente que a definição do nome ficará para o ano que vem, mas o trio Celso Maldaner, Antídio Lunelli e Dário Berger, almoçou junto ontem e teriam decidido antecipar para outubro após a realização de pesquisas.

Lideranças contrárias a este encaminhamento já torceram o nariz. O deputado Cobalchini, líder do MDB na Assembleia Legislativa e muito alinhado ao governador Carlos Moisés, deu a entender que o trio não pode passar por cima da decisão do diretório.

O que dizer?

Este partido, o MDB, em um passado bem recente, chegou a realizar prévias e definir o candidato e, em seguida, este candidato escolhido correu para acertar com Raimundo Colombo (PSD) e se jogou em seu colo, aceitando ser vice. Não é mesmo, Eduardo Pinho Moreira?

Não me estranha que lideranças percorram até 700 quilômetros até a Capital para tomar decisões, e, antes mesmo de chegar em casa de volta, tome conhecimento via imprensa, que meia dúzia mudou a decisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *