Crime fictício é investigado por acadêmicos do curso de Direito da UNIARP

Share Button

A UNIARP, por meio do curso de Direito realizou dias 22 e 23 de outubro o 1º CSI Direito UNIARP, uma atividade de extensão que visou a interdisciplinaridade, envolvendo as disciplinas de Direito Penal, Direito Processual Penal e Medicina Legal, além da necessidade de interpretação e raciocínio lógico por parte dos acadêmicos.

A atividade teve início na cena de um crime, organizada em uma das salas do curso de Direito. As equipes, formadas por acadêmicos de diferentes fases do curso, encontraram no local uma pessoa enforcada. As equipes através da análise desta cena e da coleta das provas, eram direcionados para outros locais da Universidade em busca das demais provas.

Na segunda noite do evento, as equipes em posse do laudo cadavérico oficial, precisaram analisar o laudo, as provas coletadas e realizar o Relatório do Inquérito Policial, apontando se houve ou não crime, quem seria o indiciado, quais as qualificadoras deste crime.

A professora Jociane M. Oufella, coordenadora do curso de Direito destaca que foi uma atividade inovadora, que colocou em prática metodologias ativas, mostrando que o ensinar vai muito além da sala de aula e que é necessário transpor métodos tradicionais para cada vez mais melhorar a qualidade do aprendizado do acadêmico.

Jociane agradece todos os acadêmicos que participaram do evento, todos os colaboradores que estiveram auxiliando e de modo especial aos professores que auxiliaram para que o evento pudesse ser concretizado: Caroline Neris Bridi, Claudio Adão Sanches, Jean Carlos Kuss, Ricardo Emilio Zart, Rubens Pavarin. Agradece ainda, ao IGP de Caçador que nas duas noites esteve representado prestigiando o evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *